Medicina Interna na Imprensa escrita

Data: 01-12-2017

Literacia é arma no combate ao estigma e discriminação dos doentes com VIH/SIDA
Mais literacia na área da infeção pelo VIH/SIDA é um dos aspetos essenciais para pôr fim ao estigma e discriminação que ainda enfrentam muitos doentes, defende Telo Faria, coordenador do Núcleo de Estudos da Doença VIH da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI), que não tem dúvidas: “A literacia nesta área é fundamental porque quanto mais informada estiver a população geral sobre a infeção, não só é capaz de se proteger melhor, como a literacia vai promover a inserção plena do seropositivo em todas as áreas: social, profissional, familiar.”
In Raio X Online
In Atlas da Saúde Online
In TV Europa Online
In Diário dos Açores 

Data: 17-11-2017

Um em cada três idosos sofre uma queda, a principal causa de morte acidental nos seniores
São o acidente doméstico mais frequente nos idosos e a principal causa de morte acidental na população dos maiores de 65 anos. Falamos das quedas, que estiveram em destaque na 2ª Reunião Nacional do Núcleo de Estudos de Geriatria, da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI), um encontro que se realiza nos dias 16 e 17 de novembro, no Centro Cultural e de Congressos de Aveiro.
In Jornal de Notícias Online
In Observador Online
In Sábado Online
In TSF Online

Data: 14-11-2017

10,9% das mulheres portuguesas têm diabetes
Cerca de 199 milhões de mulheres vivem, em todo o mundo com diabetes, valor que as estimativas da Organização Mundial de Saúde apontam que vai aumentar ainda mais, chegando aos 313 milhões até 2020. Em Portugal, 10,9% das mulheres têm diabetes . Números que motivam o enfoque dado, este ano, à relação entre a diabetes e o sexo feminino, a propósito do Dia Mundial da Diabetes, que se assinala a 14 de novembro. Sob o lema ‘Mulheres e a Diabetes: Direito a um Futuro Saudável’, o que se pretende é chamar a atenção para um problema de saúde que, embora afete tanto homens como mulheres, tem algumas especificidades no feminino que importa realçar, como alerta a Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI).
In Rádio Comercial – Notícias
In Diário de Notícias
In Observador Online
In Diário de Notícias Online

Data: 29-10-2017

Aumentar o acesso a terapêuticas específicas reduz mortes por AVC
Mais e melhor prevenção, consolidação da rede de Unidades de AVC e melhores tratamentos e um encaminhamento mais célere através da via verde são alguns dos responsáveis pela redução da mortalidade por AVC no nosso país. Mas “ainda há muito potencial de melhoria a nível nacional”. E “aumentar o número de pessoas com AVC agudo a terem acesso a tratamento específico é de importância crucial”, alerta Maria Teresa Cardoso, coordenadora do Núcleo de Estudos da Doença Vascular Cerebral da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna.
In RTP 2 – Sociedade Civil
In RTP 3 – Bom Dia Portugal
In Destak
In Sapo Online
In TSF Online 

Data: 31-03-2017

Mulheres têm mais risco de Doença Vascular Cerebral e pior prognóstico após um AVC
Núcleo de Estudos de Doença Vascular Cerebral da SPMI sublinha cinco particularidades sobre o AVC no feminino Por ocasião do Dia Nacional do Doente com AVC, que se assinala a 31 de março, o Núcleo de Estudos de Doença Vascular Cerebral (NEDVC) da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI) lembra que há um reconhecimento crescente da importância do género no prognóstico do AVC: a mulher tem um risco de AVC ao longo da vida superior ao do homem e há mais mulheres com Doença Vascular Cerebral devido à sua maior longevidade.
In Notícias ao Minuto
In Impala Online
In Sic Notícias Online
In Correio da Manhã Online
In Destak Online

Data: 31-03-2017

Dia Nacional do Doente com AVC
As mulheres têm maior risco de ter um AVC. O alerta é da Sociedade Portuguesa do Acidente Vascular Cerebral quando se assinala hoje o Dia Nacional do Doente com AVC. Declarações de Teresa Cardoso, coordenadora do núcleo de estudos da doença vascular cerebral da Sociedade de Medicina Interna.
In TSF – Notícias
In Rádio Comercial – Notícias

Data: 30-03-2017

Mulheres têm mais risco de Doença Vascular Cerebral e pior prognóstico após um AVC – Notícia SPMI
Por ocasião do Dia Nacional do Doente com AVC, que se assinala amanhã, 31 de Março, o Núcleo de Estudos de Doença Vascular Cerebral (NEDVC) da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI) lembra que há um reconhecimento crescente da importância do género no prognóstico do AVC: a mulher tem um risco de AVC ao longo da vida superior ao do homem e há mais mulheres com Doença Vascular Cerebral devido à sua maior longevidade.
In Diário dos Açores

Data: 30-03-2017

Mulheres têm mais risco de Doença Vascular Cerebral
In JM

Data: 28-02-2017

Doenças Raras em Portugal 
Em Portugal são apenas comercializados 67 medicamentos para estas doenças, os médicos alertam para o défice de cuidados continuados nesta área. Tema para a conversa com a próxima convidada, é Luísa Pereira, médica especialista em Medicina Interna, que nos diz quais são as doenças raras mais comuns em Portugal.
In RTP 3 

Data: 27-02-2017

Faltam cuidados continuados para doenças raras
Portugal tem um grave défice de cuidados continuados para portadores de doenças raras, não havendo uma única unidade estatal. O Núcleo de Estudos de Doenças Raras da Sociedade de Medicina Interna reconhece os avanços que se têm registado no tratamento destas patologias, nomeadamente o ritmo de introdução dos medicamentos, mas lamenta o «grave défice» de cuidados continuados na assistência a estes doentes.
In Diário do Minho 
In JM

Data: 26-02-2017

Dia Mundial das Doenças Raras
A Sociedade Portuguesa de Medicina Interna lembra que não há resposta de cuidados continuados, para os portadores de doenças raras.
In Renascença – Notícias 

Data: 9/02/2017

Portugal com maior rácio de médicos de famílias mas onde mais se vai ás urgências
In TVI24 Online
In Público Online
In Sapo Online

Data: 9/02/2017

Menos doentes nas urgências e alternativas ao internamento hospitalar
In Atlas da Saúde Online
In Notícias do Nordeste Online
In News Farma Online

Data: 20/01/2017

Idosos com cuidados redobrados devido ao frio
In Tribuna da Madeira

Data: 18/01/2017

Seniores devem ter especiais cuidados nesta época de frio
In Diário de Aveiro – Saúde

Data: 16/01/2017

Acabar com as urgências sobrelotadas 
A gripe põe em evidência um dos problemas das urgências, mas que não é de todo novo. É tempo dela. Mas ainda que, todos os anos, os meses mais frios se façam acompanhar pela gripe, a verdade é que os serviços de saúde nunca parecem completamente preparados.
In Destak Online

Data: 12/01/2017

Hospitais perto do limite 
Luís Campos, presidente da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna, traça um cenário de hospitais perto do limite e acrescenta que esta é uma situação crónica que sucessivos governos não têm conseguido resolver.
In Renascença

Data: 09/01/2017

Número de mortos por gripe em Portugal superior ao esperado e ainda é tempo levar a vacina
In Atlântico Expresso

Data: 07/01/2017

As urgências, os hospitais e os internistas
Presidente da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna fala das carências. Dona Lourdes (nome fictício) é uma doente de 75 anos que esteve internada no meu serviço, por uma traqueobronquite aguda, com mais 13 problemas de saúde e que teve, no último ano, 20 admissões no serviço de urgência, um internamento, oito consultas no centro de saúde e quatro no hospital.
In Expresso 

Data: 06/1/2017

Pico da gripe 
A poucos dias de atingir o pico da gripe, o INEM alerta para os cuidados a ter devido às baixas temperaturas. Declarações de Luís Campos, Presidente da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna.
In SIC Notícias – Jornal das Dez 

Data: 06/01/2017

Urgências nos Hospitais Portugueses
Luís Campos, presidente da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna esteve no Diário da Manhã, na TVI e TVI24.
Consulte a entrevista no Canal do Youtube da SPMI

Data:  05/01/2017

Presidente da Sociedade de Medicina Interna diz que portugueses usam urgências como “serviço de conveniência”
Dentro de duas semanas, Portugal poderá atingir o pico da gripe. Nos últimos dias já se fez sentir uma maior afluência de doentes aos serviços hospitalares, provocando em alguns casos o caos nas urgências.
In Expresso Online 

Data: 05/01/2017

Vírus da Gripe em análise 
Entrevista a Luís Campos presidente da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna
In Sic Notícias – Edição da Manhã

Data: 04/01/2017

Artigo de Imprensa – Carta aos Internistas
As palavras deste breve texto dirigem-se a todos os internistas, incluindo internos em formação, homens e mulheres, que se entregam abnegadamente a cuidar dos doentes nos hospitais e que, nesta altura do ano, têm que responder ao massivo aumento de admissões nas urgências e de internamentos, numa sobrecarga que testa os seus limites físicos e psíquicos.
In Jornal Público

Data: 23/12/2016
Dia mundial de luta contra a Sida , Novos desafios em tempos de mudança 

No dia 1 de Dezembro assinalou-se o Dia Mundial de Luta contra a Sida e o Núcleo de Estudos do VIH da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna fez uma reflexão sobre as mudanças que se operaram nas últimas décadas no que ao tratamento e acompanhamento da doença diz respeito.
In Gazeta das Caldas

Data: 22/12/2016
Há falta de internistas nos hospitais nacionais – Notícia SPMI

São os médicos que, nos hospitais, olham para os doentes como um todo. Mas são poucos, alerta médico. Neste momento não há internistas suficientes nos hospitais. A garantia é dada ao Destak por Luís Campos, presidente da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna, que aproveita a celebração dos 65 anos de existência desta organização para fazer um balanço.
In Destak Online

Data: 20/12/2016
Sociedade Portuguesa de Medicina Interna celebra 65.º aniversário 

A Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI) comemorou, dia 16 de dezembro, o seu 65.º aniversário. A sessão solene decorreu na Sala dos Actos da NOVA Medical School/Faculdade de Ciências Médicas e reuniu vários especialistas de Medicina Interna.
In Just News Online

Data: 16/12/2016
Sociedade Portuguesa de Medicina Interna faz anos 

Entrevista ao Luís Campos, Presidente da SPMI.
In TSF – Tarde TSF