Curso de Abordagem ao Idoso Institucionalizado

INTRODUÇÃO:

O curso de “Abordagem ao Idoso Institucionalizado” realiza-se nos dias  29 e 30 de Outubro de 2021, em formato online.  As inscrições estão abertas.

O curso de Abordagem ao Idoso Institucionalizado, destinado a todos os profissionais que trabalham em ERPI, tem como foco principal aumentar os conhecimentos científicos dos profissionais prestadores de cuidados de saúde que trabalham nestas instituições, dotando-os de ferramentas úteis na sua prática clínica. Abordar-se-ão as temáticas fundamentais de fisiologia, as síndromes geriátricas e sua gestão, a nutrição e a hidratação do doente institucionalizado, a reabilitação motora, os cuidados paliativos e os cuidados em fim-de-vida, a comunicação com o doente idoso com alterações da cognição e sensoriais

Esperamos contribuir para uma cada vez maior diferenciação dos cuidados de saúde prestados aos idosos institucionalizados pelo que convidamos todos os profissionais desta área a envolverem-se e a participarem.

OBJECTIVOS:

Gerais:

Reconhecer a importância de uma abordagem dirigida, individualizada, sistemática do idoso.

Específicos:

  • Rever aspectos fisiológicos e fisiopatológicos do envelhecimento;
  • Reconhecer a importância da avaliação geriátrica global e do plano individual de cuidados;
  • Rever e aprimorar técnicas de comunicação com o idoso com demência;
  • Gerir o plano terapêutico farmacológico;
  • Orientar plano nutricional e de hidratação;
  • Promover a prevenção de quedas e promover a reabilitação e envelhecimento activos;
  • Reconhecer os principais dispositivos médicos e a sua gestão no dia-a-dia;
  • Rever e consolidar ideias sobre as vias de administração farmacológica que podem ser aplicadas no idoso
  • Gerir os sintomas mais frequentes – respiratórios, astrointestinais/genitourinários, neuropsíquicos e a dor.

O CURSO:

Duração: 14 Horas

Datas: 29 e 30 de Outubro de 2021

Metodologia de formação: Utilização de casos clínicos interactivos, apresentados através da plataforma Microsoft PowerPoint®, permitindo a participação activa dos participantes com recurso aos métodos interrogativo, explanativo e demonstrativo.

1º dia

8h30 – 10h45
Doente idoso
– O porquê de um curso do doente institucionalizado
– Apresentação dos resultados do questionário
– Alterações fisiológicas do doente idoso

– Síndromes geriátricos
– Sarcopenia primária e secundária
Fisiopatologia
Prevenção – fisioterapia e nutrição
– Delirium
Causas
Rastreio (4AT)
Tratamento
– Síndrome de imobilidade
Causas
Consequências sistémicas
Prevenção e tratamento

10h45 – 11h00 Coffee Break

11h00 – 13h00
– Síndrome de fragilidade
Definição
Classificação (Clinical Frailty Scale)
Particularidades do tratamento do doente frágil
–  Disfagia
– Depressão no doente idoso
Diagnóstico diferencial com Demência
Fármacos mais adequados no doente idoso e como prescrever
– Desprescrição de fármacos não adequados
Efeitos anticolinérgicos
Ferramentas de auxilio à desprescrição (Critérios de Beers e STOPP&START, ABS)

13h00 – 14h00 Almoço

14h00 – 15h30
Nutrição
– Rastreio nutricional com MNA a todos os idosos – se risco, a importância de referenciar para nutricionista local
– Guidelines de nutrição no idoso e no paliativo
– Noções práticas de como resolver problemas simples relacionados com a nutrição

15h30 – 15h45 Coffee Break

15h45 – 17h45
Papel do enfermeiro de reabilitação
– Reabilitação do doente paliativo
– Reabilitação do doente geriátrico
– Cinesiterapia: que exercícios em que situações
– Reabilitação do doente pós-alta
– Problemas encontrados
– Atitudes de enfermagem a ter
– Estratégias de prevenção de quedas
– Rastreio de disfagia – porquê, a quem, quando e como?

2º dia

8h30 – 10h00
Cuidados paliativos
– Abordagem farmacológica e não farmacológica
– Dor
– Tipos de dor
– Escala OMS
– Avaliação da dor neuropática e doente não comunicante
– Princípios básicos da prescrição de opióides
10h00 – 11h30
– Demência – terapêutica na doença ligeira/moderada para manutenção da autonomia vs na avançada para controlo de sintomas
– Dispneia
– Secreções brônquicas
– Princípios no tratamento de Feridas
– Advanced Care Planning
– Cuidados em fim de vida

11h30 – 11h45 – Coffee Break

11h45 – 13h15
Particularidades dos Cuidados de Enfermagem no Doente Idoso Frágil
– Comunicação com o doente idoso/humanitude
– Cuidados centrados na pessoa
– Acessos subcutâneos – particularidades e indicações

13h15 – 13h45 – Almoço

14h15 – 15h15
Procedimentos de enfermagem no doente com síndrome de Fragilidade e com indicação para Cuidados Paliativos

15h15 – 16h15
Casos clínicos

O curso terá lugar com um mínimo de 20 e um máximo de 40 participantes.

O curso destina-se a Médicos e outros profissionais de saúde que trabalhem em instituições onde residam idosos (lares, centros de dia, unidades de cuidados continuados).

A inscrição será efectuada através do preenchimento do boletim de inscrição disponível online no website da SPMI, no portal do Centro de Formação.

A confirmação da inscrição apenas será efectuada após o pagamento da taxa de inscrição. A Taxa de Inscrição inclui a participação nos trabalhos, material de apoio a ser fornecido pela organização, coffee-break e almoços de trabalho:
» Taxa de Inscrição para Sócios da SPMI: 150 €
» Taxa de Inscrição para Não Sócios da SPMI: 200 €

Os restantes encargos não estão incluídos na inscrição e são da responsabilidade dos formandos. Em caso de necessidade de alojamento contactar o secretariado do curso que poderá sugerir hotéis na proximidade.

As inscrições encerram quando preenchidas as vagas disponíveis, ou se tal não acontecer, encerram no dia 15 de Outubro de 2021. O secretariado do Curso é da responsabilidade do Secretariado do Centro de Formação em Medicina Interna | SPMI:

Cristina Azevedo
Morada: Rua da Tobis Portuguesa, nº 8 – 2º Sala 9, 1750-292 Lisboa
Telefone: 217 520 570 | 217 520 578
E-mail: cristina@spmi.pt | formi@spmi.pt

No início da formação é realizado um momento de diagnóstico para verificar os conhecimentos anteriores sobre a temática da formação e identificar as expectativas dos formandos.

Durante a formação os formandos são avaliados pela participação e execução dos exercícios propostos e a avaliação final é realizada através de um teste de avaliação no qual é necessário obter uma classificação igual ou superior a 10 valores para serem considerada a conclusão com aproveitamento.

A conclusão com aproveitamento do Curso implica também a participação em pelo menos 75% das horas de formação presenciais.

No final do curso, os formandos que tiverem concluído a formação receberão o Certificado de Participação. Os formandos que concluírem o curso com aproveitamento receberão o respetivo de Certificado de Conclusão com Aproveitamento.

Certificação:

CONTACTOS:

O secretariado do Curso é da responsabilidade do Secretariado do Centro de Formação em Medicina Interna | SPMI:

Cristina Azevedo
Morada: Rua da Tobis Portuguesa, nº 8 – 2º Sala 9
1750-292 Lisboa
Telefone: 217 520 570 | 217 520 578
E-mail: cristina@spmi.pt | formi@spmi.pt

VALOR E INSCRIÇÃO

Taxa de Inscrição :
» Taxa de Inscrição para Sócios da SPMI: 150 €
» Taxa de Inscrição para Não Sócios da SPMI: 200 €

INSCRIÇÕES ONLINE  >> AQUI

POLÍTICA DE CANCELAMENTOS E DEVOLUÇÕES:

– Até um mês da realização – Devolução de 75% do valor
– Após essa data não se realizam devoluções (apenas se aceita troca de nome até 15 dias da realização do curso)

A devolução do pagamento tem um custo de 10€ (despesas administrativas)

Mais informações:formi@spmi.pt

X