Resumos - Consulta
PSEUDO-OBSTRUÇÃO INTESTINAL CRÓNICA E TROMBOSE VENOSA MESENTÉRICA
D. Gastroenterológicas   -   Poster
Congresso ID: PO-09-56   -   Sala Filipe I | LCD #9 | sem discussão
CENTRO HOSPITALAR DE SãO JOãO
Sofia Tavares, João Coimbra, Maria João Lima
A pseudo-obstrução intestinal crónica é uma doença rara da motilidade gastrointestinal que mimetiza uma obstrução mecânica, na ausência de alterações orgânicas oclusivas. Trata-se de um diagnóstico de exclusão, de etiologia variada e frequentemente idiopática. Apresenta-se um caso de uma mulher, 71 anos, obesa, com internamento no mês prévio por trombose venosa de veias cava inferior, porta e mesentérica superior com isquemia intestinal associada e tromboembolismo pulmonar, tratada medicamente e hipocoagulada com varfarina. Internada por quadro de febre, diarreia, vómitos, dor abdominal e agravamento do estado geral, com 1 mês de evolução, tendo sido medicada nos 4 dias prévios com ceftriaxone por assumida infeção do trato urinário, sem melhoria clínica. À admissão, apresentava parâmetros inflamatórios elevados, leucocitúria discreta, sem nitritúria e pesquisa de toxina de Clostridium dificille nas fezes positiva. Cumpriu 14 dias de metronidazol com melhoria clínica inicial. Ao 5º dia de internamento inicia vómitos biliares, intolerância alimentar e obstipação (transito intestinal apenas para gases), com parâmetros inflamatórios em redução sustentada. Estudo imagiológico com persistência de tromboses venosas previamente descritas e edema da parede do cólon. Estudo endoscopico a sugerir colite isquémica, sem evidência de obstrução mecânica. Discutido caso com Cirurgia Geral, assumida pseudo-obstrução intestinal crónica e escalada terapêutica com prócinéticos, sem resposta clínica. Iniciada alimentação parentérica total. O estudo etiológico da trombose venosa revelou presença de mutação JAK2 V167F, sem evidência de síndrome mieloproliferativo. Trata-se de um caso clínico complexo, de uma entidade clínica rara, cuja abordagem foi desafiante para as várias especialidades envolvidas.
2015 Sociedade Portuguesa de Medicina Interna. Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: b-online.pt