Apresentação Geral
O XXII Congresso Nacional de Medicina Interna (CNMI) e V Congresso Ibérico de Medicina Interna (CIMI) decorrerá em Viana do Castelo, entre 27 e 29 de maio de 2016.

Organizado anualmente pela SPMI, o CNMI é o ponto mais alto da sua afirmação como Sociedade Médica Científica. Como os últimos anos têm demonstrado este é o maior congresso médico português, com a vasta participação de especialistas e internos de Medicina Interna, bem como outras especialidades médicas nomeadamente Medicina Geral e Familiar, ultrapassando largamente os 1500 inscritos.

A comissão organizadora do XXII CNMI e V CIMI, que integra Internistas do Serviço de Medicina do Hospital de Santa Luzia, escolheu realizá-lo na bonita cidade de Viana do Castelo.
Viana: porta do Atlântico, porto da Medicina foi o tema que escolhemos para este congresso. Queremos transparecer o carinho que nós, vianenses, aqui nascidos ou importados, temos por esta terra e por aqueles que nos visitam. Evocamos a importância, para todos nós, da realização de um evento científico tão marcante para a Medicina em geral e a Medicina Interna em particular, na região do Alto Minho. Assumimos o desejo de, nesta data, o CNMI e CIMI ser um porto de convergência do saber médico e de aproximação dos Internistas, e um porto de partida para novos horizontes e projetos na procura do melhor tratamento para os nossos doentes.
Aproveitando a sua proximidade, os locais escolhidos para a realização do congresso situam-se em dois polos principais: o Castelo de Santiago da Barra e o Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC). Integrarão no conjunto 3 auditórios e diversas salas de formação, além de espaços para exposição técnica da indústria farmacêutica e áreas de apoio.
O programa científico inclui mesas-redondas, conferências, debates, uptodates e workshops, além de mesas de comunicações orais, sessões de apresentação de pósteres e de imagens em Medicina.
Integra, como habitualmente, simpósios patrocinados pela indústria farmacêutica e diversos cursos formativos pré-congresso (dias 25 e 26 de maio), com duração de 1 a 2 dias, que decorrerão nos locais do congresso e noutros espaços selecionados na proximidade. Ao elaborar o programa tivemos a preocupação de lhe conferir atualidade e rigor científico. Procuramos oferecer um conjunto de temas clássicos e também inovadores e controversos que tenham impacto na atualização dos congressistas, certos que construimos um programa equilibrado e apelativo. Tal como nos anos anteriores serão atribuídos prémios aos melhores trabalhos apresentados, esperando constituir um estímulo para a investigação clínica dos serviços. Queremos continuar a troca de conhecimentos e de experiências e o aprofundamento das relações de amizade e colaboração entre os colegas, que têm caracterizado os Congressos Nacionais e Ibéricos de MI.

Contamos com o dinamismo dos internos, tão importantes como os médicos mais diferenciados e fundamentais para a vitalidade da especialidade e do congresso. Pretendemos manter e estimular o caminho determinante que a Medicina Interna tem percorrido e que a tem conduzido a uma posição de destaque e reconhecimento cada vez maiores. Preparado por internistas e para internistas, confiamos na elevada participação dos colegas neste evento, desde logo, fundamental para o seu êxito. Estamos certos que, além de ambicioso, será um congresso diferente não apenas porque será a primeira vez que se realizará em Viana do Castelo, mas porque a gente minhota saberá acolher com entusiasmo e dedicação aqueles que nos honrarem com a sua presença.


Diana Guerra
Presidente do Congresso
Carmélia Rodrigues
Secretária Geral
2015 Sociedade Portuguesa de Medicina Interna. Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: b-online.pt